Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a mãe dos PP's

Acabei de ver o cú do D.P

Sabem, é cedo, muito cedo. E ninguém merece.

O P maior está a fazer praia durante a manhã pela escola. Então fui levá-lo e vi o director pedagógico cheio de malas e sacos e tudi e tudi e tudi, cheio de cangalhada.

Entreguei o chavalo, virei -me para sair e vejo o cú de vossa senhoria que se havia agaixado para apanhar os bons dos sacos.

Agora expliquem-me porque teimam os homens usar os calções de modo a que se vejam os pintelh*s da frente e todo um rego do cú de trás? Isto faz algum sentido? Ou acham que há escassez de porquinhos mealheiros?

Há sei, nem toda a gente tem cú e há que exibir a graciosidade  E era grande 

 

Deve ser triste

e frustrante ser bailarina pimba.

Os pseudo cantores do "Somos Portugal" são pobres?

Creio que a maioria deve ser. Não têm dinheiro para vestir as bailarinas. Tenho pena, andam sempre meio nuas, meio cruas e de tacha arganhada. 

Enquanto uns andam todos abotoadinhos a comer chouriços e presuntos, outras andam de andarilhos e bikinis brilhantes a dar ao cu. Às vezes imagino o quanto contrariadas ali estão. Injustiças da vida.

Estas coisas dão que pensar.

 

Alguem me diga

Se está um frio que piora a "espandirose", que não se aguenta "gata pelo rabo", que toda a genta dá a pedola e oito "tostonses" para ficar em casa....

Se não passa pela "alembradura" de "nenguém" sair á rua desnecessariamente. Se está um brenhol do orvalho para o pinto e para o ca.. margalho...Então porque é que ainda assim quando passo por certos sítios, me deparo com isto:

 A lingua não congela?