Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a mãe dos PP's

Que música te faz ficar no carro? Responde o Rooibos

Bom dia gente linda! O meu convidado de hoje é antioxidante é Rooibos (um cházinho).

Vamos ver que nos diz ele:

 

Antes de mais, agradeço à mãe dos PP's pelo convite para participar nesta rubrica.
 
Confesso que não foi fácil para mim responder à questão, porque aquilo que me costuma fazer ficar no carro não é uma música, mas sim um programa: a "Prova Oral" da Antena 3. Mas já deixei de o fazer, porque a minha mulher se apercebeu que eu ficava no carro depois de estacionar e não achou piada, porque ela estava em casa à minha espera.
Seria mais fácil se a pergunta fosse "que música te faz fugir do carro". Há algumas músicas que passam tanta vezes na rádio e que se enfiam de tal forma na minha mente, que eu era capaz de sair do carro, mesmo em andamento, só para não ter que as ouvir mais uma vez.
Mas a verdade é que, no carro, parece que as músicas se ouvem de uma forma diferente. E acontece-me ouvir algumas músicas que, de tal modo me surpreendem, que ficam no ouvido e tenho vontade de as ouvir vezes sem conta.
Nessas alturas costumo recorrer à internet para as procurar, tarefa que normalmente não é fácil, dado que nunca sei os nomes dos artistas ou das bandas, muito menos os das músicas. Mesmo que o digam na rádio, nunca sou capaz de os decorar, já para não falar das letras, que nunca as percebo.
A música que escolhi para esta rubrica foi uma delas. Já a tinha ouvido na apresentação do álbum na televisão, mas só percebi o quanto eu gostava dela quando a ouvi no rádio, enquanto conduzia. Aí consegui sentir-lhe todo um ritmo e uma energia que me conquistou.
A música é "Big fish" dos The Gift.

 Gostaram?

 

Que música te faz ficar no carro? Responde a Chic`Ana

Hello! A minha convidada de hoje está prenha em estado de graça mas ainda não nos explicou como lhe aconteceu tal coisa e a gente até gostavamos de saber . A minha convidada é a Chic`Ana.

Vamos a isto:

Olá a todos, na passada sexta-feira recebi o “convite” aqui da mãe a dobrar para participar nesta rúbrica que tanto gosto de espreitar. Coloquei convite entre aspas porquê?! Se pensam que foi um convite pacífico, calmo e sereno, estão muito enganados, não.. Tendo em conta que não tenho o PC funcional, recebi o convite e tive de responder na hora… Já sabem se a virem pelo vosso e-mail, abram com extremo cuidado e preparem os dedos para a escrita… Ou então fujam e finjam que não sabem de nada!

Bom, mas passando a assunto sérios, a música que me faz ficar no carro, sem dúvida alguma que é o “Time after Time” da Cyndi Lauper. Faz-me recordar a infância, porque a ouvia inúmeras vezes, rodopiava ao som da mesma, imaginava dias melhores e mais preenchidos. Fui crescendo e a música cresceu comigo, primeiro surgiu a minha irmã e eu cantava-lhe o refrão e fazia todo o sentido para mim, estar ali para ela, sempre disponível, para a ajudar nas quedas e nos momentos necessários…Com o passar dos anos, comecei a interpretar a letra de forma diferente, de forma mais intensa, mais virada para o amor entre dois companheiros.

If you're lost you can look--and you will find me

Time after time

If you fall I will catch you--I'll be waiting

Time after time

 

 Foi a primeira música que dancei com o M no casamento, (antes de rodar a baiana e lançarmo-nos numa coreografia bombástica) e tenho a certeza que será uma música que me acompanhará sempre e para sempre. Para mim esta música é sinónimo de amor, em todas as formas possíveis e imaginárias..

Apesar de o ter escrito numa corrida, foi o suficiente para me emocionar e estar aqui de lágrima no canto do olho! Muito obrigada por este convite tão precioso, e sim, aqui abri mais uma portinha para o meu coração e para o que me é importante.

Beijinhos

 

Gostaram?

 

Que música te faz ficar no carro? Responde a mãe dos PP´s

Bom dia lindões e lindonas aqui da mãe! Como andei ausente, não convidei ninguém para a minha rúbrica desta semana.

Então respondo eu mesma ahahahahah 

 

A música que me faz ficar no carro é recente e bate forte cá dentro. Não há nenhuma razão em especial para gostar dela, mas que me faz sentir muitas coisinhas boas, lá isso faz:

 Espero que gostem e passem um bom bocado por aqui.

 

Beijinhos

Que música te faz ficar no carro? Responde a Osa

Bom dia gente linda da blogosfera!

A minha convidada de hoje é a Osa, diz que é chamosa, curiosa e toda jeitosa .

Vamos conhecer a história da música de hoje?

 

Ora cá a está a Osa (ou míuda como a mãe me chama) em Blog alheio, mas irá começar (embora já tenha começado) da mesma forma que começa em "casa".

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

mãe dos PP's muito obrigada pelo convite, estás cá dentro  (és uma querida!)

Não me irei alongar muito, mas tenho que dizer que este Blog que hoje invado é um dos meus favoritos. #Facto 1

Não o leio todos os dias, mas quando passo por cá faço questão de ver tudo o que foi escrito. Ela (a mãe) desperta sempre em nós sentimentos, é impossivel ficar indiferente ao que ela escreve. #Facto 2

Pronto está dito!

 

Aqui a Osa é "menina da cidade" , por isso tem sorte de raramente pegar no carro durante os dias da semana. O trabalho e a creche da miúda são ambos perto de casa. (5minutos a pé).

Eh gente poupa-se muito na gasolina!!!

Por isso cada vez menos oiço música no carro.

 

Mas tenho uma história com uma música que Adoro desde sempre e acho que para sempre.

É lamechas, por isso é agora que devem abandonar a leitura, estou a avisar!!!

 

A música sempre fez parte da minha Playlist, mas houve uma fase que se instalou para fazer para sempre parte da minha história.

Estamos no ano 2010 e posso dizer que nessa altura ao fim de semana e sempre que estava em Vizela o carro do meu Pápa não tinha sossego.

Aí sim, ouvia muita rádio no carro e não só...cantava e dançava também!

 

A música é Chasing Cars dos Snow Patrol. (Hoje não consegui publicar o vídeo, alguém sabe porquê?)

É antiga gente!! 

 

Eles (a banda) estiveram no Rock in Rio em 2010.

Eu não fui.

Mas Ele foi.

Ainda não eramos um do outro, eramos amigos apenas.

Mas não sei porquê, ( ou até saberia e não queria perceber) quando ouvi em directo do RIR esta música na rádio, só conseguia pensar n'ELe, no meu Amigo (que ainda o é) que se tornou no meu Homem.

Lembro-me de estar mesmo a chegar a casa e não conseguir sair do carro.

Gente faz este ano 7 anos, mas lembro-me como se fosse hoje!

 

Por isso mãe, Obrigada também por isto, por me fazeres relembrar uma das melhores fases da minha vida!

A descoberta do Amor.

 

Eu avisei que ia ser lamechice a mais!!! 

 

 

 

 

Que música te faz ficar no carro? Responde a Maria

Olá pessoas lindas!

A minha convidada de hoje é nada mais nada menos que a Maria (badalhoca) do blog oh please ahahahahah 

Vamos a coisas sérias?

 

Minha Porcalhota, muito obrigada pelo convite para participar nesta tua rúbrica, da qual sou fã desde o inicio.

Não é nada fácil pensar numa única música que me faz ficar no carro, são milhares as que conseguem causar-me esse efeito.

Para teres uma ideia só no PC do trabalho tenho cerca de 12000.

(Uauuuuuuu) 

Imediatamente pensei na música da Ovelha Xoné, mas não só ia revelar o quão verdadeiramente parva sou, como na realidade... não costuma passar no meu carro - a não ser que esteja eu a cantar e aí não preciso de me manter na viatura.

Por isso a minha escolha vai para a última musica que me surpreendeu. Não me fez ficar no carro porque ia de transportes para o trabalho mas fiquei de tal forma espantada que fiquei parada no acesso ao metro de Sete Rios. Estava ouvir na Rádio Comercial e, se continuasse a andar, ia deixar de apanhar a emissão.

Sempre gostei de Paul Simon e Art Garfunkel, mas esta interpretação do Sound of Silence pelos Disturbed leva esta letra para outra dimensão!

 Espero que gostem!

Beijo cheio de sol para ti minha Porcalhota!Gostaram?

Que música te faz ficar no carro? Responde Robinson Kanes

Bom dia peopleeeeeeee!

O meu convidado de hoje brinda-nos sempre com post`s sobre história  e fotos lindíssimas... ultimamente com muito humor também... não que houvesse necessidade... mas eis que Robinson Kanes aceitou o meu convite 

Vamos nessa que isto hoje promete 

 

Se disser que tive este amável convite e me esqueci de enviar o texto não estou a mentir... achei que era vedeta e como qualquer português sem ter onde cair morto, acreditei que fazer esperar me daria um look importante.

(Ele há gente muito chique) 

São muitas as músicas que me fazem ficar no carro, depende da situação... e agora pensem o que quiserem.

Se por um lado gosto de música clássica, música do mundo e jazz e não é incomum ouvi-las no carro, também tenho um lado mais aventureiro na condução. Na condução gosto de músicas alegres, sobretudo músicas que acompanhem aquela road-trip... aquela road-trip que nos faz parar em frente a um local lindíssimo e ficar a admirar tal atracção com um som de fundo. Ou então aquelas músicas que nos fazem conduzir sem ter cara de “peixe cozido” ou de quem passa os dias a ouvir programas estupidificantes na rádio quando vai para o trabalho.

Poderia escolher tantas, até porque minuentur  atrae carmine curae, já dizia Horácio, ou seja, a música ajuda as mentes perturbadas. Mas há músicas que nos fazem ficar no carro e deixar toda a gente a olhar para nós, e não é só com o carro parado, mas também em filas de trânsito.

Talvez por ter algo em mim de Andaluz, escolhi o “Djobi, Djoba” dos Gipsy Kings! Não há viagem a Espanha em que esta não role! Podia escolher tantas outras músicas, mas penso que esta, ao dia de hoje, é a que mais se adapta. A alegria, a festa, um pouco até da cultura mediterrânica para nos fazerem saltar do chão e não cair sobre um triste fado (maldito fado que nos quiseram impor e agora dizem que nos está no sangue). Lembro-me das deslocações para a Universidade, as festas e uma alegria de viver, que por vezes nos tentam retirar... olhem, vivam em Fiesta!

 

 

Isto hoje é para abanar o corpinho 

 Gostaram?

 

Que música te faz ficar no carro? Responde o Heterodoméstico

Olá pessoas lindas! O meu convidado de hoje é o Heterodoméstico! É aquele tipo que todo o homem teme e que toda a mulher queria ter a limpar a casa em vez da dona Sesaltina que trabalha lá há anos 

 

 

 

 

 

Vamos lá então?

Antes de começar com a algaraviada do costume, quero apresentar o mais louvado agradecimento por estar neste espaço repleto de seriedade e princípios fundamentais para levar a tal de vida com boa disposição e atividade intestinal regulada!

 (ehehheheehheehheeh )

Habitualmente, a música que me faz ficar no carro é o ringtone do meu telemóvel que me impede de tirar o cinto de segurança sem me aperceber se já puxei o travão de mão ou se o carro ainda está em movimento…

Ocasionalmente, vem um arrumador (bem arrumado) com a música bem ensaiada, a pedir-me uma moeda para poder comer. Desconfio sempre, pois tenho uma leve impressão que a maior parte das drogas duras não são de ingerir. Ao contrário dos space cakes!

Na passada semana, enquanto tentava baixar o volume do rádio mudei acidentalmente de emissão e fui brindado com um tema que me fez ficar no carro, embora não inteiramente pois o meu braço esquerdo ganhou vida própria, dançando à chuva…

 

Tom Jones – It´s not unusual

Ainda bem que só me apercebi que tinha um grupo de adolescentes, a rir-se só da minha cara, no final da música. Se vos acontece isto com frequência, significa que nunca sintonizaram sempre a mesma emissão. A estação somos nós que a escolhemos… 

 

E agora enquanto curtem o som... o    continua na sua tarefa 

 

Gostaram?

Que música te faz ficar no carro? Responde a Desconhecida

Bom dia povo!

Hoje para a minha rubrica convidei uma miúda muito fixe e com grande coração: a desconhecida! Ela tem uma maneira muito simples e humilde de escrever. Ora vão lá espreitar. Nos entretantos, vejam a música escolhida por esta jovem:

 

 

 

Olá, olá!

 

Pois é, parece que hoje é a minha vez, a Desconhecida em blog alheio, sinto-me… Hummm… Importante!? Sim, IMPORTANTE… :P Antes de mais, obrigada Mãe dos PP´s, por me teres recebido neste teu maravilhoso cantinho, nesta tua fantástica rubrica… Oh pá, nem sei o que mais dizer…Vamos à música!

(so sweet )

 

A música que eu escolhi é uma música para dançar, não, não é essas das discotecas… É uma música com uma letra que me faz sorrir… É uma música lindinha, pelo menos para mim… não, não é essa do Amor é Assim… É de um cantor que admiro bastante…

 

Aiiii esta música… É perfeita, desde a primeira, à última palavra… Estou apaixonada pela forma desta melodia… Já sabem do que falo!?... Falo de Ed Sheeran! Falo de Shape Of You… Vá lá, cantem um bocadinho comigo, sintam esta melodia, reparem na letra, não é linda!?...  “I'm in love with the shape of you… We push and pull like a magnet do… Although my heart is falling too, I'm in love with your body… Last night you were in my room… And now my bedsheets smell like you… Every day discovering something brand new, I'm in love with the shape of you… Oh-I-oh-I-oh-I-oh-I…”
 

E assim me despeço… Oh-I-oh-I-oh-I-oh-I…

 

Só aqui para nós: Ela não está só apaixonada pela música, pois não? Anda mouro na costa, certo?

 

 

Gostaram?

 

Que música te faz ficar no carro? Responde a Catarina

Bom dia gente linda!!!!!!!!! 

Hoje a minha convidada tem, não um,não dois,não três mas.........tchanam tchanam: 4reizinhos  a quem dedica o blog e que nos faz rir com as peripécias dos seus filhotes.

 

Bora lá 

 

Antes de mais quero agradecer à excelentíssima mamã dos PP´S por me ter convidado para esta rubrica magnifica. Fiquei muito contente por poder vir aqui largar bitaites mas a verdade é que responder à questão não foi assim tão simples.

(Coisa maiiiis linda)  

Primeiro porque existem dois tipos de musicas que passam no rádio do meu automóvel. Existe aquela bela musica infantil que passa uma e outra vez. Repete e repete como se se tratasse de um disco riscado e só nos apetece cortar os pulsos. Felizmente  para mim este tipo de musica passa durante cerca de dez minutos diários e é por esse motivo que ainda estou viva. Contudo não pensem que isso me impede de as saber de cor e de estas ficarem o dia todo a tocar na minha cabeça como musica de fundo…

(É um martírio ) 

Depois existe a musica do rádio que coloca a tocar depois de largar os miúdos. Esta serve para tentar fazer desaparecer a outra da minha cabeça e para me animar o dia. A viagem de carro para o trabalho e para casa são as únicas alturas do dia em que estou sozinha e posso relaxar. Costumo chamar-me o meu momento zen curiosamente é também o meu momento de brainstorming o que faz com que muitas vezes nem oiça o que está a tocar no rádio.  Provavelmente não estão a perceber nada mas a culpa é da anfitriã que convida gente doida e nos dá liberdade para poder vir para aqui divagar.

(Sou tão cool) 

Tentando voltar ao cerno da questão. Qual é a musica que me faz dar mais uma volta de carro? É difícil escolher uma porque existem várias que adoro. Contudo tive que seleccionar uma, depois de grande esforço consegui escolher uma. Espero que gostem desta musica escolhida por uma romântica incurável.

 

 

Depois desta balada tenho uma pergunta: Para quando o reizinho nrº 5? 

 

 Gostaram do tema?

Que música te faz ficar no carro? Responde o Papagaio Giló

Olá!

Bem vindos(as) á rubrica semanal que vos dá música e partilha sentimentos e emoções! Hoje o meu convidado é o depenado...ai perdão é  o estimado companheiro aqui da bloguice... o Papagaio Giló!

 

 

 

  Som..som… 1,2,3…som…

   Já está a dar?

   Ora, bom dia a todos! Desde já um agradecimento especial à caríssima anfitriã, a nossa estimada “ Mãe dos Filhos Dela” pelo convite feito à minha ave, para estar presente, hoje, a dar-lhe cabo do blogue… é um prazer … por que não dizê-lo?

(No fim ganhas um saquinho de alpista... )

  

Quanto ao que me traz especificamente aqui, vamos já diretamente ao assunto: comecei por pensar em escolher  Eu Vi um Sapo, da Maria Armanda – sem dúvida que era um tema para me agarrar ao volante a rir. Já para não falar que tanto o som como a letra são muito apropriados para atirar à cara da Equipa , mas recuámos neste propósito bem merecido de malvadez e decidimos enveredar por outra música!

   Desta forma, o que haverá de mais importante a dizer será a referência à injustiça que cometo… escolher um tema é um belo brinde só que, depois, há tantos outros que também mereciam cá estar e são postos de fora. Não há nada a fazer! Regras são regras…

   O meu gosto é muito diversificado. Muitas coisas me fariam agarrar ao volante e dar voltas à rotunda! Não gosto de UMA coisa, gosto de muitas e todas diferentes! Tanto do passado como do presente, da calma como do “abanar o capacete”, da música portuguesa como dos grandes sucessos de milhões. Por um lado é bom, torna-me menos racista. Por outro, se tiver que selecionar, a decisão fica muito complicada de fazer! Foi o que me aconteceu!

   A escolha que fiz baseou-se no tal pressuposto de ser um tema que faria com que eu ficasse ao volante, à espera que acabasse de tocar; para além disso, já não ouvia esta música há muito tempo, o que foi decisivo. E a música remonta a um tempo em que fui muito feliz – tenho Telepatia com essa época! Acho que faz falta ser ouvida por muita gente, sobretudo por aqueles que vão no trânsito citadino, sempre com pressas, à hora de ponta! Ou por aqueles que passam a vida a discutir e a fazer ruído por tudo e por nada. A letra não necessita de comentários…

Um  abraço à “Mãe”, então, pelo seu gesto, que me tocou, e a todas as músicas que não pude escolher… I’m Sorry!!!

Papagaio

 

 

Bora lá! Tudo a relaxar com o tema escolhido pelo Papagaio aqui do bairro 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D