Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a mãe dos PP's

O braço do P maior

Este fim de semana, o P maior magoou o braço direito. Estava na festa de anos de um amiguinho, foi empurrado. Caiu mal e fez uma fissura no braço, que está ligado.

Sei que são crianças e que não fazem as coisas pensando nas consequências. No entanto, e talvez por ser meu filho a imagem dele a ser empurrado revolta me. 

Não me posso esquecer que estamos a falar de crianças e que acidentes acontecem,mas a vontade que me deu, por alguns momentos foi de o ensinar a empurrar de volta e bater de volta também.

Perdoem me o desabafo. Ele agora dorme tranquilo,mas a imagem do braço caído e de o ouvir gemer de dores não me sai da cabeça.

 

A senhora manca-se?

Fui á farmácia comprar um creme para o rabo (porque eu não gosto de dizer cú ( ) ) do P menor receitado pela pediatra dos PP´s.

Estava lá uma dondoca de bata branca (que não me pareceu farmaceutica) que quase me lambia as botas enquanto tentava vender-me outros cremes cheios de blá blá blá. Primeiro ouvi e fui paciente ao ponto de lhe fazer ver que os cremes perfumados e cheios de merdas não são bons para a pele dos meus putos por terem pele atópica.

Sendo a senhora insistente e estando eu em pancas para que me deixasse a berguilha ás tantas eu disse-lhe:

" oiça, respeito o seu trabalho, mas entenda que eu falo por experiencia própria que os cremes que me quer vender não valem a ponta de um chavelho!"

A senhora suspirou e disse: "Posso ser útil em mais alguma coisa?"

"O creme que lhe pedi?"

 

Resumo:

A mãe queria um creme

que delicadamente pediu

tentaram-lhe vender outro 

que a mãe mandou para a p*ta que pariu!

 

 

 

Sobre o cú

O senhor cú deve ser minuciosamente limpo e com o passar dos anos a malta já domina bem a cena e limpa decentemente o chavalo... Ora cheguem se cá e oiçam o meu azedume... tirando o meu, tenho a responsabilidade de limpar mais dois. E isto cansa, porque embora cada um mande no seu cú, cada um borra a horas diferentes. Fiz as contas e passo um quarto do meu dia a limpar cús. E sinto me útil... Tão útil.. e sinto me tão importante e insubstituível... literalmente insubstituível. 

Ninguém limpa o cú tão bem como eu nesta casa.

Ora foda-se.

super_imgbebe_enrolado_em_papel_higienico.jpgNão me lembro de ter tirado o mestrado da coisa...

A mãe também ensina

O P maior passou a noite anterior com febre.

De manhã fui com ele ao hospital e o diagnóstico resultou numa amigdalite.

Quando o pai dos PP's chegou a casa, disse-lhe o P maior: " a mãe ensinou que se eu abrir a boca, o médico não precisa de pôr o pauzinho, eu gostei de ir ao hospital com a mãe."

E é por estas coisas que a mãe se comove e quebra e fica piegas...

Adoro estes putos!

 

O santo do meu marido

O santo do meu marido não gosta de mudar fraldas e ás vezes o P menor não facilta. Esperneia e está mais habituado á mãe.

Sucede que ontem á noite, eu estava prestes a deitar o P maior e enquanto o santo do meu marido tentava mudar a fralda, gritou: "ai! anda cá que há cocó por todo o lado"

E de facto havia cocó até na testa do puto que por sinal tinha acabado de tomar banho... mas o santo do marido não teve a reacção de prender as perninhas do miudo ou dar-lhe um brinquedo para as mãos para que se entretesse. Abriu a fralda e deixou que o miudo esperneasse na posta mal cheirosita que havia feito.

É caso para dizer: "aprende mãe dos PP´s,aprende"

Acabei por fazer eu a muda da fralda com o puto tranquilo e sem stress. Depois fiz a muda da fralda de pano, da colcha da cama e do muda fraldas.

Ficou um cheiro a merda no quarto que não se podia. Mas não tem mal... são merdas a que estou habituada!

Meu santo e querido marido...

 

 

 

A mãe e o carnaval

A mãe dos PP´s é um ser raro com gostos e (des)gostos muito particulares.

A mãe dos PP´s nunca foi á bola com o Carnaval e confessa que o que mais aprecia dele é quando os gajos se vestem de gajas e sassaricam pelas ruas com grandes mamas e cus. 

A mãe dos PP´s não gosta do jogo dos balões de água, nem das bufas engarrafadas. A sério, alguém gosta daquele fedor? 

Até então nunca me passou pela cabeça vestir os PP´s. 

Mas o tempo passa e os rapazes crescem e quando na passada semana fui buscar o P maior e me perguntaram de que se ia o P vestir eu expliquei que não desfrutamos muito desta época e por isso não tinha intenção de o disfarçar.

No momento em que eu disse isto eu senti que as pessoas que andavam por ali me olharam como se eu tivesse acabadinha de chegar de um outro planeta, fosse verde e tivesse um mega olho na testa.

Então explicaram-me que na próxima sexta feira os garotos vão desfilar pelas ruas e eu disse ok. Agarrei nos miúdos e fui comprar um fato ao P maior que se deslumbrava com tudo aquilo que fazia referência ao Carnaval.

O seu disfarce é de duque mas ele faz questão de dizer que é de rei e que agora é ele que manda (como se fosse preciso disfarce ). 

Daqui retiro a lição que por eu não gostar não significa que os PP´s não gostem e por isso vou também comprar um fato ao P menor para que ele desfrute á sua maneira desta época.

Continuo sem gramar o Carnaval mas vou babar-me quando vir os PP´s a desfilarem pelas ruas.

Porque mãe tem que mudar,ceder e aprender!

 

E agora vamos todos lambar e dar ao nalgueiro???

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D