Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a mãe dos PP's

Fiz zapping

enquanto via tv e ouvi um senhor dizer que nunca faria uma tatuagem no corpo com o nome da sua mulher, não se separem um dia destes. No entanto, ele traz tatuado no braço o nome do Tony Carreira. Só eu é que acho que há algo errado aqui???

Digo eu que... Ponho em causa a minha capacidade de dormir com um homem assim...

Passe o reveillon e ganhe

uma caganeira diarreia.

A mãe dos PP´s ligou no dia 31,à tardinha, a uma daquelas amigas do coração para desejar um bom ano. A amiga disse que ia passar o ano num restaurante todo in lá da terrinha.

A mãe dos PP´s disse-lhe que não gostava daquele sítio mas que ela fazia bem em aproveitar. Depois a amiga enviou uma foto à mãe dos PP´s a perguntar se ia bonita. A mãe dos PP´s disse que ela parecia a Liliane Marise, mas antes assim do que qualquer semelhança com a Maria Leal. A amiga respondeu com um emoction de olhos esbogalhados com a seguinte legenda: " se não gostasse de ti mandava te à merda " e rematou com um "eheheheheehh".

No dia seguinte, já no primeiro dia do ano, a amiga da mãe dos PP´s mandou uma mensagem a dizer que: "Passei mal a noite, estou de caganeira diarreia". Às doze  badaladas a rapariga estava confortávelmente sentada na sanita .

Só não cheguei a perceber se foi de se ter entulhado com tudo o que havia para comer, se alguma coisa estava meio estragada. A amiga da mãe dos PP´s lembrou-se do que esta lhe havia dito no dia anterior e diz que tem pouca vontade de lá voltar.

Coitada da moça que passou o reveillon a andar de carrinho a noite toda, ainda por cima á rasquinha do cu rabo com tanto cagar diarreia.

A mãe dos PP´s tem um sentido muito apurado, avisou. .

Mas convenhamos, ninguém merece passar o primeiro dia do ano a andar de carrinho 

 

Flatos

P maior: "Mãe eu flato"

Eu: Tu o quê?

P maior: "eu flato",eu pedinhos, quero ir fazer cocó!

Eu: Ah! Vamos lá então.

Eu: Queres explicar-me o que é flato?

P maior:" Então no lanche eu flato, na mesa eu flato, pedinhos só na rua!"

 

Alguém me explica o sentido desta conversa?