Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a mãe dos PP's

Que 2017 seja um ano fixe

Estamos quase a entrar em 2017 e todos (as) temos as nossas ambições e os nossos sonhos.

E o que eu peço a Deus ( sou uma pessoinha de fé  ) é saúde, força para contornar e resolver as dificuldades, amor e paz no coração. Que eu me consiga doar mais, abraçar mais e beijar mais. Confesso que o dia a dia, às vezes me absorve e tenho medo de esquecer de dar atenção, de dar amor. E a possibilidade de passar pela vida sem nela deter quem amo, assusta-me.

Como diz o outro senhor do bigode,  trago em mim muitos sonhos, muitos desejos para realizar. O meu marido costuma dizer que eu sou muito emocional, mas acho que sempre fui assim.

Desejo a todos vocês que entraram este ano na minha vida um 2017 cheio de coisinhas boas, com tudo aquilo que vos faz falta para a vossa felicidade. Que nada nem ninguém vos tire o brilho dos olhos, que ninguém vos detenha de realizar vossos sonhos.

E agora que já escrevi a parte piegas da cena e sei que toda a gente vos deseja saúde, paz e amor... Só para eu ser diferente desejo-vos sexo do bom e que amanhã não se esqueçam de forrar os pipis e as pilocas de azul 

 

 

Coisas que nem quero saber

Há coisas nos noticiários que eu não consigo "comprar".

Vejamos:

Eu acho que o Mário Soares está prestes a ir de vela ( mas teimam tê-lo ligado às máquinas)

Eu acho que ninguém vai ser multado por não se dar prioridade a grávidas, bebés de colo, velhotes ou coxos. ( acho que a montanha pariu uma bela merda de rato)

Eu acho que cada um gasta o que entender nas compras de Natal e ninguém tem que andar na rua a perguntar se gastou numa pasta colgate, num papel para o cu reciclado ou num perfume rasca para a mulher.

Eu acho triste as perdas de figuras públicas importantes, mas confesso que só choro mesmo se for alguém amigo, familiar ou conhecido que até gosto e nem sabia ( às vezes acontece!) 

Eu gosto do Cristiano Ronaldo mas estou me a cagar a marimbar com o que ele faz ao dinheiro dele.

Eu acho que o politico que foi desagradável no jantareco de Natal, pode ir pastar com as ovelhas, já que ele é grande detentor de conhecimento de feiras de gado.

Eu estou me nas tintas se o Marcelo vai casar ou decidiu que afinal tem mais gravatas na gaveta além da azul cueca.

E acho que os calcitrins e outras merdocas que tais é tudo tanga tanguinha tangona!

Eu não estou preocupada na vestimenta da passagem de ano. Visto umas calças de ganga e tou um pedaço de mau caminho que só visto ( convencida, não? )

Ora bem, estamos em épocas de previsões do zodiaco e tendo em conta que sou escorpiã e que acabei de ouvir que os nativos deste signos são poderos e intensos, mas têm mau feitio... vou ali comprar uma cuequinha zul já venho .

 

 

 

Tag-8 coisas

Fui desafiada pela amorosa mami a responder a oito coisas que eu digo e já agora a oito coisas que não vivo sem.

Então vamos a isto:

.8 coisas que digo

.amo-te

.tenho saudades tuas

.gostava de rever te

.és importante para mim

.dá me notícias

.gostei de estar aqui

.vamos ao café?

.fica aqui

 

.8 coisas que não vivo sem

.os meus PP´s

.gente que me faça chorar de tanto rir 

.café

.bananas

.musica

.aquele sonho que um dia se há e cumprir

sorrisos

abraços

 

 

E pronto, espero que gostem 

O pai dos PP´s

Disse-me ontem, que eu tenho a gentileza de o tirar do sério em menos de 30 segundos ( tendo em conta que basta um voltar de costas a algo que não quero responder .)

Diz que eu tenho uma maneira de ser diferente e que até me acha graça (ainda bem, tendo em conta que é meu marido )

Disse-me que encho o cu rabo de mimo aos PP´s e que às vezes sente a minha falta (olha que bom, tendo em conta que ele é o meu homem e eu a sua mulher e assim até me sinto importante )

Disse que tenho maus "timings" para os amassos ( normalmente, vou-me a ele depois de o irritar bem irritadinho )

Felizmente, reconhece o quanto diferente somos, mas que o melhor que fez foi casar comigo (mas eu disso nunca duvidei  )

Ora digam lá que a relação não promete?? 

epá... isto hoje até dá para verter uma lágrima, não??  

 

Devo ter um problema

Tenho a sensação que sou uma eterna saudosista.

Falo dos meus sentimentos quando acho que o devo fazer. Corro atrás quando acho que devo correr. Tiro um pouco do meu tempo para estar com quem gosto de estar e realmente me importa. Mas depois quando me encontro a sós comigo, tenho aquela sensação que deveria fazê-lo mais, que deveria correr mais, sonhar mais, importar me mais. E embora eu até ache que valorizo aquilo que realmente importa... sinto me sempre com saudades de alguém, fica sempre um abraço por dar... por isso me custa fazer fretes quando tenho que aturar quem não me apetece.

 Há quem me ache sincera e há quem me ache fria!

Raios partam a merda deste feitio! 

Um andar novo

Todos anos prometo não enfardar tantos chocolates ferrero Rocher.

Todos os anos como descontrolávelmente a caixa dos mesmos.

Todos os anos por esta altura depois de ir ao wc fico com um andar novo.

Já tenho idade para me controlar, mas por agora estou numa de sofrer as consequências e voltar a pometer que não como tantos da próxima vez ( que claramente é tanga ). 

 

A vocês

Hoje quero agradecer a presença e a amizade que já fiz aqui por estas andanças enquanto pseudo-blogger 

Quero desejar um Feliz Natal a todos (as) que me seguem, ou que me leêm, ou que vêm aqui parar de alguma maneira. 

A todos (as) vocês que de mim arrancam gargalhadas, me fazem pensar ou reflectir, desejo um 2017 cheio de sonhos realizados e...

 fodasse, chega de mariquices vamos deixar-nos de lamechices e bora lá ser felizes .

Vocês não sei, mas já mandei o velho pai Natal à merdinha para a reforma e agora tenho este:

 

 

Não estavam à espera que saísse alguma coisa de jeito aqui da "je", pois não??   

Beijinhos e Feliz Natal 

Coisas que me acontecem

Fui levar o meu rapaz á escola, que à entrada, tem uma árvore de Natal toda catita feita pelos miúdos.

A decoração da árvore tem como sininhos copos de iogurte decorados por eles. Visto que estava um sino no chão, fui toda amor e carinho apanhá-lo para o colocar na árvore, mas como eu sou igual ao pateta e estou sempre onde cai o pau, quando estava a pendurar o suposto sino, a árvore de Natal começa a cair. Para que esta não caísse abracei-me a ela de modo a impedir a desgraça, nisto entram mais dois papás para deixar os seus rebentos e assistem a toda a minha cena .

Eu também pensaria que algo não está bem quando alguém se abraça desesperadamente a uma árvore de Natal!

Sejamos positivos... pelo menos a árvore manteve-se de pé . E eu só fiz meia figura de parva!

 

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D